Portfólio do editor em

Belo Horizonte,

Mapa do Blog | Avise Erros | Contato

COMUNICAÇÃO | SOCIEDADE | CULTURA | ESPORTE

 

COMUNICAÇÃO


Tecnologia em comunicação Compartilhar

Site disponibiliza imagens de milhares de câmeras de segurança particulares

 
Produção: Léo Rodrigues e Juliana Dias Ferreira | 25/11/2014
Reportagens: Flávia Grossi e Daniel Isaía
Entrevista realizada pela TV Brasil / Repórter Brasil

Proprietários de câmeras não se preocupam em alterar a senha de fábrica e seus equipamentos, facilmente rastreáveis através do IP, ficam vulneráveis a invasões.

Trocar senha de fábrica ajuda a impedir acessos indevidos às imagens das câmeras de segurança | Foto: Gabriel Rocha / Creative Commons

Um site denominado Insecam, supostamente baseado na Rússia, está disponibilizando na web acessos às imagens de cerca de 20 mil câmeras espalhadas em 152 países. Destas, 291 estão no Brasil. Em um player semelhante ao Youtube, é possível ver moradores tranquilos caminhando no interior de suas casas, clientes captados no circuito interno de lojas, funcionários despreocupados trabalhando, crianças em piscinas públicas, etc. Um buscador permite filtrar as câmeras por país e por cidade.

É o próprio site que dá a dica da vulnerabilidade dos dados. O acesso é obtido porque as câmeras têm acesso à internet, sendo possível rastreá-las pelo IP, e os consumidores não se preocupam em trocar as senhas que vêm de fábrica (geralmente 12345).

Para impedir a invasão, Pedro Fonseca Muller, analista do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) dá dicas. “Você precisa avaliar se realmente precisa manter seu equipamento conectado à internet. Caso tenha essa necessidade, deve tomar algumas medidas de segurança para não ficar vulnerável a uma invasão, tais como criar uma senha forte, buscar sempre as atualizações do software e, se possível, utilizar os dados criptografados”, sugere.

Entre as câmeras facilmente encontradas através do IP estão equipamentos das marcas Foscam, Panasonic, Linksys, Avtech e Hikvision. O autor do site publicou um texto explicando que o objetivo é fazer um alerta aos fabricantes e donos de câmeras de segurança, circuito interno e até de monitoramento de bebês, as chamadas baby cams.

Apesar da proclamada boa intenção, a iniciativa é crime. A punição varia de país para país. Se o site estivesse hospedado no Brasil, o autor poderia ser enquadrado na legislação pátria. Ela prevê de três meses a um ano de prisão para quem violar dispositivos de segurança sem o consentimento do responsável.

Luiz Fernando Moncau, pesquisador do Centro de Tecnologia e Sociedade da Fundação Getúlio Vargas (FGV), participou da formulação da proposta do Marco Civil da Internet. Ele lembra que o debate sobre proteção de dados se tornou polêmico e foi deixado para ser tratado separadamente. “O que é dado privado, como deve ser regulado, protegido e destruído depois de certo tempo são questões que ainda não foram devidamente regulamentadas no Brasil e nós precisamos avançar nesses pontos”, opina.

- Matéria 01 da TV Brasil, veiculada em 25/11/2014,
com produção de Léo Rodrigues e Juliana Dias Ferreira e reportagem de Flávia Grossi:

 

- Matéria 02 da TV Brasil, veiculada em 21/11/2014,
com produção de Léo Rodrigues e Juliana Dias Ferreira e reportagem de Daniel Isaía:

 

comments powered by Disqus

 

O EDITOR


Léo Rodrigues

Repórter da Agência Brasil, formado em Comunicação Social pela UFMG em 2010. Ex-jornalista da TV Brasil e do Portal EBC, onde também atuou como editor de esportes. Diretor de documentários cujo foco de interesse é a cultura popular, entre eles os longas "Aboiador de Violas" e "Pra fazer carnaval mais uma vez". Saiba mais

 

O BLOG


O trabalho do jornalista nunca é isento. Trata-se de um exercício constante de escolhas. Para onde apontar a lupa? De que ângulo posicionaremos a lupa? Este espaço surge a partir do interesse do editor em concentrar o seu acervo de produções jornalísticas e, ao mesmo tempo, propor coberturas e reflexões sobre comunicação, sociedade, cultura e esporte. Entenda melhor a proposta

 

QUEM É O EDITOR | PROPOSTA DO BLOG | MAPA DO BLOG | AVISE ERROS | CONTATO

Alguns direitos reservados
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário.
Permitida a cópia, redistribuição e alterações desde que se conceda os devidos créditos e mencione caso alguma adaptação tenha sido realizada.
Saiba mais como funciona a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil