Portfólio do editor em

Belo Horizonte,

Mapa do Blog | Avise Erros | Contato

COMUNICAÇÃO | SOCIEDADE | CULTURA | ESPORTE

 

CULTURA


Cultura democrática e popular Compartilhar

Bloco de carnaval Volta, Belchior homenageia artista cearense em BH

 
Léo Rodrigues | 01/05/2017 - 22:06 Notícia publicada pela Agência Brasil

Belchior morreu na madrugada de ontem, aos 70 anos, e já à noite os fãs em Belo Horizonte lotaram o espaço Santa Praça, no bairro Santa Tereza.

Cerca de mil pessoas homenagearam Belchior
Foto: Léo Rodrigues / Agência Brasil

O bloco de carnaval Volta, Belchior mobilizou na tarde de hoje (1º), em Belo Horizonte uma legião de fãs para homenagear o músico cearense. Cerca de mil pessoas, muitas dela portando bigodes verdadeiros e postiços, se reuniram no mercado distrital do bairro Cruzeiro para cantar sucessos como Apenas um rapaz latino-americanoVelha roupa colorida e Como nossos pais.

O evento, com entrada gratuita, foi o segundo organizado pelo bloco desde a morte de Belchior. O músico morreu na madrugada de ontem (30), aos 70 anos, e já à noite os fãs em Belo Horizonte lotaram o espaço Santa Praça, no bairro Santa Tereza.

"Logo que tomamos conhecimento da morte, começamos a nos mobilizar para realizar as homenagens. Nos dois eventos, contamos com cerca de mil pessoas. São os mais fanáticos pelo músico. Foi a forma que encontramos para nos despedirmos e lembrarmos de suas canções nesse momento triste", disse o jornalista Kerison Lopes, um dos idealizadores do bloco.

Volta, Belchior se apresentou pela primeira vez no carnaval da capital mineira deste ano. O desfile mobilizou cerca de 20 mil foliões, conforme os organizadores. Kerison informou que todos os eventos que o bloco realiza ficam cheios. "Depois que reunimos uma turma de amigos e organizamos o Volta, Belchior, descobrimos uma legião de fãs do músico que sempre nos acompanha".

LEIA TAMBÉM:

  • Carnaval de Belo Horizonte reuniu 3 milhões de foliões
  • Movimentos de ocupação do espaço público fizeram ressurgir blocos de rua de BH
  • O jornalista destacou o legado de coerência deixado por Belchior. "Inclusive o sumiço dele foi um rompimento com a sociedade. Ele nunca se dobrou à indústria cultural e às gravadoras. Era um contestador. E pode ser considerado o filósofo da música brasileira. Cada verso que ele escreveu tem um significado e uma força poética única."

    Responsabilidade

    Os organizadores acreditam que o bloco existirá por muitos anos e assumirá agora a grande responsabilidade de levar as músicas de Belchior para futuras gerações que não terão a oportunidade de conhecê-lo. A bateria, apelidada de Alucinação, está aberta a novos adeptos. Os interessados em participar do carnaval de 2018 deverão participar dos ensaios e oficinas que começam em junho.

    "Algumas pessoas até sugeriram mudar o nome para Voa, Belchior ou Viva Belchior, mas acredito que não vamos mudar. Já consolidou o nome. E é apenas uma retórica. Na verdade, nunca defendemos a volta dele, por entender que ele tinha o direito de desaparecer. O importante é divulgar a obra e reverenciar seu legado. Acredito que o bloco tende a crescer. A gente já observa que, com a morte dele, aumentou muito a busca por suas músicas e sua obra", concluiu Kerison.

     

    comments powered by Disqus

     

    O EDITOR


    Léo Rodrigues

    Repórter da Agência Brasil, formado em Comunicação Social pela UFMG em 2010. Ex-jornalista da TV Brasil e do Portal EBC, onde também atuou como editor de esportes. Diretor de documentários cujo foco de interesse é a cultura popular, entre eles os longas "Aboiador de Violas" e "Pra fazer carnaval mais uma vez". Saiba mais

     

    O BLOG


    O trabalho do jornalista nunca é isento. Trata-se de um exercício constante de escolhas. Para onde apontar a lupa? De que ângulo posicionaremos a lupa? Este espaço surge a partir do interesse do editor em concentrar o seu acervo de produções jornalísticas e, ao mesmo tempo, propor coberturas e reflexões sobre comunicação, sociedade, cultura e esporte. Entenda melhor a proposta

     

    QUEM É O EDITOR | PROPOSTA DO BLOG | MAPA DO BLOG | AVISE ERROS | CONTATO

    Alguns direitos reservados
    Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário.
    Permitida a cópia, redistribuição e alterações desde que se conceda os devidos créditos e mencione caso alguma adaptação tenha sido realizada.
    Saiba mais como funciona a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil