Portfólio do editor em

Belo Horizonte,

Mapa do Blog | Avise Erros | Contato

COMUNICAÇÃO | SOCIEDADE | CULTURA | ESPORTE

 

SOCIEDADE


24/02/2017 - 10:18 - Sociedade e democracia
BH cria rede de transporte especial para carnaval e ônibus terão desvios fixos

A prefeitura de Belo Horizonte estima que o carnaval levará para as ruas 2,4 milhões de pessoas, o que exigirá uma gestão eficiente para atender a demanda por transporte dos foliões e, ao mesmo tempo, minimizar os impactos dos congestionamentos. Para lidar com os desafios, a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) criou uma rede de transporte especial e elaborou um novo quadro de horários reforçando a circulação de algumas linhas de ônibus.


24/02/2017 - 8:39 - Movimentos sociais
Liminar derruba exclusividade de marca de cerveja no carnaval de Belo Horizonte

Uma liminar concedida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) derrubou a obrigação dos ambulantes de Belo Horizonte de comercializar apenas bebidas da Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) durante o carnaval. O juiz Rinaldo Kennedy Silva alegou que o veto à venda de outras marcas de bebida afeta o interesse público e o direito dos comerciantes. Em caso de descumprimento, a prefeitura da cidade poderá receber multa diária de R$10 mil.


20/02/2017 - 20:07 - Movimentos sociais
Mulheres lançam marchinha e campanha contra assédio no carnaval de BH

Mulheres que integram diversos blocos de rua do carnaval de Belo Horizonte lançaram hoje (20) a campanha Tira a Mão: é Hora de Dar um Basta. O objetivo é combater o assédio durante a folia. As organizadoras explicam que a iniciativa é uma reação a diversos comentários machistas que foram encontrados na internet depois que um jornal publicou reportagem sobre os blocos formados apenas por mulheres.


17/02/2017 - 21:12 - Movimentos sociais
Blocos protestam contra exclusividade de marca de cerveja no carnaval de BH

Cerca de 30 blocos de carnaval de rua de Belo Horizonte se uniram a vendedores ambulantes e publicaram um manifesto contra a obrigação de se comercializar apenas bebidas da Ambev durante o carnaval. A empresa fechou um patrocínio com a prefeitura de Belo Horizonte e definiu os produtos que poderão ser vendidos nos blocos: três tipos de cerveja, três de refrigerante e um energético.


17/02/2017 - 18:05 - Movimentos sociais
Foliões de Belo Horizonte e Rio debatem relação entre carnaval e resistência política

Foliões de Belo Horizonte e do Rio de Janeiro realizam encontro para debater o carnaval de rua como instrumento de resistência. A partir das experiências das duas cidades, eles pretendem discutir questões como a aproximação entre blocos e movimentos sociais, o enfrentamento à mercantilização da folia e a imposição de regras pelo poder público. O evento ocorre na Casa Naara, no centro da capital fluminense.


14/02/2017 - 15:06 - Sociedade e democracia
Em Minas, decisão judicial reconhece vínculo trabalhista entre Uber e motorista

O Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais (TRT-MG) reconheceu o vínculo de emprego entre o aplicativo Uber e um de seus motoristas associados. Ele deverá ter sua carteira de trabalho assinada e receber as horas extras, o adicional noturno e verbas rescisórias, entre outros valores. Segundo o juiz Márcio Toledo Gonçalves, embora o aplicativo se apresente como uma plataforma de tecnologia, fatos objetivos de sua relação com os motoristas e clientes fazem dela uma empresa de transportes.


12/02/2017 - 16:08 - Movimentos sociais
Música que ironiza o termo "cidadão de bem" vence concurso de marchinhas em BH

O tradicional Concurso de Marchinhas Mestre Jonas, que ocorre anualmente no início do carnaval de Belo Horizonte, realizou a sua final. A música O baile do cidadão de bem foi a vencedora. Os compositores Helbeth Trotta e Jhê Delacroix levarão um prêmio de R$ 6 mil. Segundo a letra da marchinha, o cidadão de bem protesta contra a corrupção, mas comete diariamente ilicitudes, como estacionar em lugar proibido.


11/02/2017 - 20:58 - Movimentos sociais
Movimentos de ocupação do espaço público fizeram ressurgir blocos de rua de BH

O carnaval em Belo Horizonte ganhou novos rumos em 2009 e em 2010. Foi quando estudantes e artistas se mobilizaram para contestar ludicamente medidas restritivas do poder público, em especial um decreto da prefeitura que proibia eventos na Praça da Estação. Os blocos foram surgindo e ampliando as pautas, discutindo temas como tarifa zero nos ônibus, déficit habitacional, preconceito racial, machismo e homofobia.


04/02/2017 - 18:31 - Sociedade e democracia
Risco de descontinuidade de políticas públicas preocupa cineastas

Cineastas de diferentes estados presentes na 20ª Mostra de Cinema de Tiradentes manifestaram preocupação com as consequências da crise econômica e política para a produção audiovisual brasileira. O maior temor é com uma possível descontinuidade de políticas públicas municipais, estaduais e federais que garantem financiamento e oxigenação para o setor.


26/01/2017 - 08:55 - Sociedade e democracia
Destino de rejeitos da tragédia de Mariana será decidido em 45 dias

O plano de manejo dos rejeitos de mineração espalhados após a tragédia de Mariana (MG) começou a ser discutido nessa quarta-feira (25) e deverá ser entregue em 45 dias à Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) de Minas Gerais. Pesquisadores, empresas de consultoria e representantes de órgãos ambientais participaram de um seminário que deu início às discussões.


25/01/2017 - 13:37 - Saúde
Especialistas investigam relação entre febre amarela e degradação ambiental

Especialistas de diferentes estados do país estão se articulando para investigar a relação entre o surto de febre amarela e a degradação do meio ambiente. Eles acreditam que, se houvesse mais conhecimento, a propagação repentina do vírus de tempos em tempos poderia ser prevenida. A febre amarela é transmitida em áreas rurais pelo mosquito Haemagogus. Em área urbana, o vetor é o Aedes aegypti. No entanto, não há registros no Brasil de transmissão da doença em meios urbanos desde 1942.


19/01/2017 - 15:55 - Sociedade e democracia
Samarco, Vale e BHP assinam acordo que pode encerrar ação de R$155 bi

A Samarco e suas acionistas, Vale e BHP Billiton, anunciaram a assinatura de um acordo com o Ministério Público Federal (MPF) que pode levar à extinção da ação civil pública que estima em R$ 155 bilhões os prejuízos da tragédia de Mariana (MG). As mineradoras aceitaram contratar especialistas indicados pelos procuradores federais para analisar o andamento dos programação de reparação dos danos. A extinção da ação dependerá se as partes conseguirem negociar um acordo final.


31/12/2016 - 15:50 - Sociedade e democracia
Atingidos por tragédia em Mariana podem receber indenização final em 2017

O cálculo e o pagamento das indenizações finais aos atingidos da tragédia de Mariana (MG) poderão finalmente ocorrer em 2017. Essa é a aposta tanto do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) como da Fundação Renova, que foi criada pela mineradora Samarco para gerir os projetos de reparação dos danos causados pela tragédia, que completou um ano no dia 5 de novembro de 2016.


31/12/2016 - 15:41 - Sociedade e democracia
Mariana tem expectativa de retomada da Samarco e início do reflorestamento

A mineradora Samarco tem a expectativa de obter em 2017 as licenças necessárias para a retomada das operações na região de Mariana (MG). As licenças foram suspensas pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad) desde a tragédia resultante do rompimento da barragem de Fundão. Também é esperado para o próximo ano o início dos trabalhos de reflorestamento.


05/12/2016 - 8:15 - Divulgação científica
Bióloga mineira quer reciclar bitucas de cigarro e transformar em porta-copos

Pesquisa da bióloga Bárbara Sales está entrando na fase de análises químicas para verificar se ainda há toxinas no porta-copo desenvolvido e como retirá-las. A pesquisadora também está fazendo testes com outros reagentes para chegar a um produto final com mais resistência e capacidade de absorção. A expectativa é de que o porta-copo possa, futuramente, se tornar mercadoria e ser comercializado com os bares.


 

<   página anterior   próxima página >

 

 

O EDITOR


Léo Rodrigues

Repórter da Agência Brasil, formado em Comunicação Social pela UFMG em 2010. Ex-jornalista da TV Brasil e do Portal EBC, onde também atuou como editor de esportes. Diretor de documentários cujo foco de interesse é a cultura popular, entre eles os longas "Aboiador de Violas" e "Pra fazer carnaval mais uma vez". Saiba mais

 

O BLOG


O trabalho do jornalista nunca é isento. Trata-se de um exercício constante de escolhas. Para onde apontar a lupa? De que ângulo posicionaremos a lupa? Este espaço surge a partir do interesse do editor em concentrar o seu acervo de produções jornalísticas e, ao mesmo tempo, propor coberturas e reflexões sobre comunicação, sociedade, cultura e esporte. Entenda melhor a proposta

 

QUEM É O EDITOR | PROPOSTA DO BLOG | MAPA DO BLOG | AVISE ERROS | CONTATO

Alguns direitos reservados
Todo o conteúdo deste blog está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário.
Permitida a cópia, redistribuição e alterações desde que se conceda os devidos créditos e mencione caso alguma adaptação tenha sido realizada.
Saiba mais como funciona a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil